Testado instrumento de mapeamento de crianças zero doze e sub-imunizadas no âmbito do SIS-C

Compartilhe:

O teste foi realizado no distrito de Mocuba, província da Zambézia, entre os dias 17 a 23 de Junho e consistiu no registo de dados sobre o estado vacinal de crianças dos 0 aos 18 meses de vida. Para isso, a equipa de campo acedeu aos cartões de vacinação de cada uma das crianças visitadas de onde extraiu a informação para alimentar o instrumento ora em teste.

O instrumento testado é uma ferramenta desenvolvida para mapear crianças que não receberam nenhuma dose de vacina ou que estão sub-imunizadas. O desenvolvimento desse instrumento tem como objectivo atender à necessidade de produzir informações que auxiliem as actividades do Programa Ampliado de Vacinação (PAV) na planificação da vacinação.

Ao registar os dados sobre o estado vacinal das crianças e sua localização geográfica, a ferramenta permitirá identificar áreas onde há crianças com baixa cobertura vacinal, ou seja, que não receberam todas as doses recomendadas de vacinas. Essa informação será útil para o planeamento de estratégias de vacinação mais eficientes, direcionando os recursos e esforços para as áreas onde há maior necessidade de intervenção.

Com essa ferramenta, o PAV poderá ter uma visão mais clara e abrangente da situação vacinal das crianças, facilitando a identificação de lacunas na imunização e a implementação de acções para melhorar a cobertura vacinal. Isso contribuirá para proteger a saúde das crianças e prevenir a propagação de doenças evitáveis por meio da vacinação.

Notícias relacionadas

Uma equipa conjunta composta por técnicos do Ministério da Saúde (MISAU),  Organização Mundial da Saúde (OMS), Clinton Health Initiative (CHAI) Read more
Em Setembro de 2022 iniciou a avaliação de maturidade de implementação do DHIS2 em Guiné Bissau e Cabo Verde. Esta Read more
O mês de Junho foi marcado pela especial participação de Moçambique na Conferência Anual do DHIS2. Em reconhecimento aos avanços Read more